.

terça-feira, 10 de setembro de 2013

Cursos ACEPeV


sexta-feira, 9 de agosto de 2013

Galeto Beneficente e Torneio Comemorativo


quarta-feira, 31 de julho de 2013

Oculista na ACEPev

ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

quarta-feira, 10 de julho de 2013

CEEE realizará melhorias na rede de Mostardas nesta quinta


         As equipes da CEEE realizam obras nesta quinta-feira,11, em Mostardas. Os técnicos trabalham na parte norte da cidade, a partir da Avenida Padre Simão, podendo atingir imediações, no período entre às 7h30 até as 12h30. Nos trabalhos estão previstos trocas de equipamentos e melhorias nas redes de distribuição da Companhia.

     Os serviços só ocorrem com tempo bom. Outras informações a respeito dos desligamentos programados, como a relação de ruas e numeração dos locais em que haverá obras podem ser consultadas no site www.ceee.com.br
  
Coordenadoria de Comunicação Social do Grupo CEEE
Av. Joaquim P. Villanova, 201, Prédio A,  Módulo 1, sala 405, Porto Alegre-RS
 Fone: (51) 3382.4535 - Cel: (51) 8448-8113
Porto Alegre, 10 de julho de 2013.

sexta-feira, 5 de julho de 2013

Teatro do Teteco


quinta-feira, 27 de junho de 2013

Inscrições para o vestibular da UAB




Não perca esta oportunidade!

Inscrições para o vestibular do CURSO DE CIÊNCIAS (Licenciatura) pela FURG ( Universidade Federal do Rio Grande)

TOTALMENTE GRATUITO

CURSO DE GRADUAÇÃO

Carga horária: 2955 horas (8 semestres)

Inscrições somente pela internet no site: WWW.COPERSE.FURG.BR     de 24/6 a 7/07/2013


POLO DE APOIO PRESENCIAL DE MOSTARDAS/RS (UABMOSTARDAS/RS)

Maiores informações:

Telefone: VIVO (51) 96469314 e TIM (51) 82207241

INFORMAÇÕES SOBRE O PROCESSO SELETIVO - COPERSE
Fone: (53) 3233-6666   E-mail: coperse@furg.br

quinta-feira, 20 de junho de 2013

Viva a Copa!

* Por Jorge Amaro de Souza Borges
 

É impressionante, mas como a Copa 2014 está sendo importante para o Brasil! Além do evento em si, dos problemas e especialmente, dos benefícios que vai gerar, ela já tem uma grande virtude: a de desacomodar a população brasileira, mostrando claramente nossas fraquezas, demandas e virtudes.
 
A Copa nos fez questionar o papel da educação e da saúde, nos fez discutir o preço da passagem e o tema da mobilidade urbana!

A Copa movimentou obras em todo país, e nos fez discutir o valor das mesmas e quais realmente eram prioritárias! E nos mostrou a escassez de mão-de-obra, o monopólio das empreiteiras e tantas demandas estruturais que possuímos, resultado de décadas sem investimentos no país.

A Copa nos colocou na rua! Sim, pois é na rua que as transformações da sociedade ocorrem de fato, como destaca Sebastião Paixão quando diz que a
rua é o ambiente natural da vida democrática e, assim o é, porque o abrir das flores da liberdade precisa do terreno fértil de um espaço público saudável. 

E agora? O que devemos fazer? Quais os caminhos a seguir?

Há grandes mudanças estruturais a fazer no país. Essencialmente, a reforma política é uma delas, senão a principal. O sistema atual se mostra cada vez mais fracassado. E a reforma do judiciário é fundamental para combater suas regalias descomunais.
 
Para mudar, só com o povo na rua mesmo!!!

O primeiro passo foi dado através de uma catarse coletiva de indignação. Agora vem o momento mais complexo! O que queremos de fato? Um Brasil melhor? O que seria isso? Um país com educação de qualidade, saúde digna, acessibilidade universal, respeito ao meio ambiente, igualdade de gênero, sem homofobia e racismo, enfim, cada um de nós tem em mente o seu conceito de país melhor. Mas qual o Brasil possível?

Este foi o grande desafio que a Copa nos colocou! E não podemos fugir deste debate, que tem lado, partido e ideologia sim, pois nenhuma decisão é neutra!

Todas as mudanças precisam de transição, compromisso, responsabilidade e pactuações. Que toda esta energia utilizada nas manifestações esteja presente nos espaços da democracia, muitas vezes pouco utilizados. Lembro que este ano são nada mais nada menos do que 12 conferências nacionais que ocorrem no país. Estão ocorrendo etapas municipais e estaduais em todas unidades federativas! Qual nosso protagonismo nestes espaços? Como está sendo isso em seu município?

Que as ruas ecoem pela nossa consciência de cidadania e transformações sociais e que possamos construir no presente, um futuro que não seja mais do mesmo!

"A democracia não é apenas a lei da maioria, é a lei da maioria respeitando o direito das minorias." (Clement Attlee)

quarta-feira, 12 de junho de 2013

Campereada de Mostardas

Os amantes do cavalo Crioulo tem compromisso imperdível nos dias 14, 15 e 16 de junho na Solidão, em Mostardas ! Com uma ótima premiação.

14/06/13 (sexta-feira.)
14:00h - Concentração de Machos

15/06/13 (sábado)
VI Campereada

16/06/13 (domingo)
08:00h - III Laço Criador
09:00h - III Crioulaço

Maiores Informações com:
Sidnei (51) 9978.6927
Titito (51) 99110704

sexta-feira, 7 de junho de 2013

Psicóloga na ACEPeV


ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

terça-feira, 4 de junho de 2013

Teatro do Teteco

 
ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

segunda-feira, 3 de junho de 2013

Oculista na ACEPev

 
ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

quarta-feira, 22 de maio de 2013

Curso Autoconhecimento e Relacionamento Interpessoal

ACEPeV promove:
 Curso de Autoconhecimento e Relacionamento Interpessoal

Datas: 27 (segunda-feira) à 29 de maio (quarta-feira) e 31/05 de maio (sexta-feira);


ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

segunda-feira, 20 de maio de 2013

Tudo regular com merenda escolar em Tavares

A Prefeitura Municipal de Tavares envia o seguinte esclarecimento sobre a regularidade da prestação de contas com o Fundo Nacional do Desenvolvimetno da Educação - FNDE, objeto da postagem do dia 15 de maio de 2013. Agradecemos a administração municipal que, além de cumprir seu dever legal, agiu de forma prestativa e célere na divulgação das informações, assegurando total transparência com a comunidade neste tema da maior relevância.
A Prefeitura Municipal de Tavares RS, encontra-se com todas as prestações de contas relativas aos repasses do Governo Federal via Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação em dia. Porém, segundo o próprio Mec é possível que as informações do sistema de acesso ao cidadão estejam desatualizadas e por isso estejamos passando por esse pequeno engano.

Salientamos que no sistema online sigpc, bem como para a autarquia do Ministério da Educação estamos habilitados para o recebimento de todos os recursos do Fundo, bem como para participar dos programas do Governo Federal.

Colocamo-nos à disposição para maiores informações.

Se possível, gostaríamos que as informações do blog fossem atualizadas. 

Obrigada pela atenção.

Atenciosamente.


Vanessa da Costa Paiva
Responsável pelas Prestações de Contas do FUNDO NACIONAL DO DESENVOLVIMENTO DA EDUCAÇÃO  

sábado, 18 de maio de 2013

CEEE realiza melhorias no Litoral Norte neste sábado


A Companhia Estadual de Distribuição de Energia Elétrica (CEEE-D) faz melhorias nas redes elétricas da zona rural de Mostardas, neste sábado, 18. A substituição de postes vai causar a interrupção no fornecimento de energia, no período da manhã, entre 08h e 10h.

Outras informações sobre os desligamentos programados podem ser consultadas no site www.ceee.com.br. A CEEE lembra que os serviços só ocorrem com clima bom. 

Coordenadoria de Comunicação Social - Grupo CEEE
fone: (51) 3382-4535
fax: (51) 3382-5399

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Municípios da região podem ficar sem merenda escolar

Leitora do Blog envia a seguinte notícia:


Escolas de 104 municípios do Rio Grande do Sul podem perder repasses do governo federal, destinados para alimentação e transporte. Em nota, o Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE) informou que dezenas de cidades do Estado não prestaram contas das verbas recebidas em 2011 e 2012, por meio do Programa Nacional de Alimentação Escolar (PNAE), do Programa Nacional de Apoio ao Transporte do Escolar (PNATE) e do Programa Dinheiro Direto na Escola (PDDE).
Conforme o diretor de Ações Educacionais do FNDE, Rafael Torino, as prefeituras que não apresentarem as informações sobre os recursos podem ter as verbas suspensas. O prazo para prestação de contas terminou no dia 30 de abril, mas os municípios e estados ainda podem regularizar a situação.
Tavares e Capivari do Sul estão na lista. Tavares inclusive não prestou contas em 2011 e 2012. 
Despreparo, incompetência ou inexperiência jurídica e técnica? Se falta compromisso com a merenda escolar, com o que haverá respeito?


domingo, 12 de maio de 2013

Dia das Mães

A mãe que partiu
 
Permito-me aqui, como grande admirador da Legião Urbana, utilizar frases de suas músicas em uma homenagem singela, mas significativa a uma mãe ausente...

 Escrevo-te estas mal traçadas linhas meu amor, porque veio à saudade visitar meu coração. Sentimento este, que, por vezes trás dor, em outros, nostalgia, mas sempre, explicita a verdade daquilo que realmente experimentamos.

 É, em um dia, sem aviso, minha mãe partiu. Senti o vazio do tamanho do universo, pois estava ficando longe daquilo que mais amava, não entendia o que era essa tal morte e mais, tão jovem, tão nada, tão sem saber quem eu realmente era...

 Sim, às vezes parecia que era só improvisar que o mundo então seria um livro aberto. Mas quem muda o roteiro, quem lê, quem escreve, quem apaga, não sei, tentei descobrir, mas foi em vão...

 Há muito tempo, quando olhávamos juntos, na mesma direção... Sei que faço isso para esquecer, foi só o tempo que errou, está sendo difícil sem você...

 Já que você não está aqui, agora, o que posso fazer é cuidar de mim...

 Cuidem de suas mães... Amem intensamente cada segundo... Umas partem mais cedo, outras mais tarde, mas sempre nos deixam um legado de amor, fé e esperança...  A vida continua e se entregar é uma eterna bobagem!  

 Olho para o céu, para o mar, para mim mesmo, não me vejo nem hoje, ontem ou amanhã, mas sinto o calor da alma e a intensidade do coração quando percebo o quanto minha mãe foi importante para minha história, contada e desenhada com diversas emoções...

 É assim, e sempre será? Somos tão errados e tão humanos, que jamais seremos realmente compreendidos. Mas sempre temos a possibilidade de escolha de ser melhores, escolher o caminho do bem, da solidariedade, amando uns aos outros, pois é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã... 

 Qual o sentido de uma vida, se não for deixar construído um muro imaginário de amor? E a base deste muro, nada mais é do que o amor de nossas mães, leve, puro e carregado de raízes que se espalham por nossa essência...

 Obrigado Mãe... Estarás sempre aqui, dentro de mim...

 Jorge Amaro de Souza Borges
Biólogo - Especialista em Educação Ambiental
Mestre em Educação - PPGE-PUCRS
Site: www.jorgeamaro.com.br
Twitter: @jorge_amaro

sexta-feira, 10 de maio de 2013

ACEPeV - Promove

 
Gostaríamos de convidar a todos para participar dos seguintes cursos e atividades:
  • NR31 - Aplicação Correta e Segura de Agrotóxicos - 13 à 15 de maio;
  • Escolinha de Futebol Cidadãos do Futuro:
    • terça-feira turno manhã e tarde
    • quarta-feira turno tarde
  • Academia de Ginástica Corporal:
    • Segundas, quartas e quintas-feiras - 19:15 às 20:15;
    • 20:15 às 21:15(há vagas) 

ACEPeV - Associação Comunitária Dr. Edgardo Pereira Velho 
End: RST 101, km 104 - Solidão - Mostardas/RS - CEP: 96270-000 
E-mail e msn: acepevsolidao@yahoo.com.br
 Fone: (51) 9837 2944 - 9705 7331

Curso de dança

Curso de dança


1º encontro dia 14/05 - terça-feira às 19h no salão de eventos ACEPeV.


quarta-feira, 8 de maio de 2013

terça-feira, 7 de maio de 2013

Denúncias na Ouvidoria do TCE-RS crescem 75% nos primeiros meses do ano

As denúncias recebidas pela Ouvidoria do Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS) cresceram 75% nos primeiros quatro meses deste ano em relação ao mesmo período em 2012, saltando 1514 para 2655 demandas. O índice de satisfação dos cidadãos quanto aos encaminhamentos realizados também aumentou. No mesmo período em 2012, 69,59% dos denunciantes consideraram as respostas e os encaminhamentos realizados como ótimos. Em 2013, esta mesma avaliação alcançou 80,89%.

Caso esta tendência seja mantida, o auditor Eduardo Moreira Cordeiro avalia que, ao final deste ano, o somatório de denúncias recebidas pode chegar a 8.400, representando um recorde na história da Ouvidoria do TCE-RS. Os temas mais presentes nas denúncias encaminhadas ao Tribunal são a contratação irregular de pessoal e o desvio de função, seguidos por nepotismo e problemas diversos relativos a concursos públicos.

O auditor José Carlos Garcia de Mello observa que mais de 90% das denúncias são recebidas por meio da Internet, através do Portal do TCE-RS. Entretanto, a Ouvidoria também recebe denúncias por telefone e pessoalmente, na sede ou nos nove serviços regionais do interior do Estado, além de correspondência via Correios e por email. 

O acréscimo de 75% nas demandas sugere maior participação social dos cidadãos. A maior divulgação do trabalho do TCE-RS, especialmente graças ao destaque conferido pela imprensa e pelas redes sociais, além das palestras de cunho pedagógico realizadas pela instituição, têm estimulado a sociedade a fiscalizar os entes públicos. Por outro lado, muito possivelmente, a interação entre o TCE-RS e os controles internos dos órgãos fiscalizados e a melhor compreensão da sistemática da Ouvidoria por parte dos denunciantes ajudam a explicar a crescente satisfação da sociedade.

A Ouvidoria do TCE-RS pode ser acionada no Portal da instituição, pelo telefone 0800 541 98 00, através do email ouvidoria@tce.rs.gov.br e na sede, localizada na Rua 7 de Setembro, 388, no Centro Histórico de Porto Alegre. Não é necessário identificar-se. 

Assessoria de Comunicação Social - TCE-RS
Contatos: (51) 3214 9870 / (51) 98780066 / (51) 81442493
Portal TCE: www.tce.rs.gov.br

quarta-feira, 1 de maio de 2013

TCE-RS e TCU avaliam qualidade do ensino médio

O Tribunais de Contas do Estado (TCE-RS) e da União (TCU) iniciaram uma auditoria operacional em conjunto para avaliar a situação do ensino médio no Rio Grande do Sul e a eficiência da gestão pública nesta área. O trabalho deve ser desenvolvido nos outros estados pelo TCU, em parceria com os demais tribunais de contas brasileiros.

A iniciativa no Tribunal de Contas gaúcho está em fase de planejamento. “Vamos avaliar a eficiência da gestão pública e identificar os problemas que afetam a qualidade do ensino médio”, disse o auditor público que integra a equipe de auditoria do TCE-RS, Enio Pansiera.

O projeto em andamento da auditoria irá definir, entre outras atividades, o número de escolas que serão visitadas e um questionário a ser aplicado aos gestores, professores e alunos.

Segundo o presidente do TCU, ministro Augusto Nardes, um aspecto importante das auditorias coordenadas é buscar a excelência das ações de controle não somente no âmbito do TCU, mas também nos estados e municípios. “As auditorias coordenadas, ao mesmo tempo em que favorecem o intercâmbio de experiências, promovem a capacitação dos participantes, ajudando a fomentar, também, o avanço das instituições de controle”, explica Nardes. 

A auditoria deverá ser concluída em outubro. O trabalho tem o apoio da Associação dos Membros dos Tribunais de Contas e do Instituto Rui Barbosa.   
  Assessoria de Comunicação Social - TCE-RS
Contatos: (51) 3214 9870 / (51) 98780066 / (51) 81442493
Portal TCE: www.tce.rs.gov.br

segunda-feira, 29 de abril de 2013

Associação será reativada


Em reunião ocorrida na manhã deste sábado (27/04) ex-alunos da Escola Técnica de Agricultura de Viamão (ETA) decidiram pela reativação de associação.

Com participação de alunos da escola em diferentes décadas, especialmente dos anos 60, 70, 80 e 90, o debate esteve centrado na importância de ter uma entidade representativa, que possa além de agregar pessoas, hoje presentes em diversas partes do Brasil e do mundo, como fortalecer a escola e a comunidade.

Foi formada uma comissão que em um período de 5 meses estará readequando documentos (ata e estatuto) para viabilizar a legalidade da associação.

Um dos grandes compromissos da entidade será a recuperação dos Ranchos, espaços que para a ampla maioria dos presentes, precisam de um novo olhar, tendo em vista as condições de depredação atual. Há ainda compreensão que estes espaços precisam de uma proposta pedagógica atual, dialogando com o perfil dos novos alunos e também do ensino técnico.

Para Jairton Nunes Vieira, ex-aluno e hoje servidor da ETA “queremos resgatar a história e a memória, mas também ajudar a qualificar a escola e seus espaços”

Segundo Jorge Amaro, “nós, que tivemos parte de nossas vidas na ETA, estamos agora buscando formas de contribuir com a escola para que cada vez mais seja representativa na educação gaúcha.”
Para saber mais sobre os Ranchos: http://ranchosdaeta.blogspot.com.br/

quarta-feira, 10 de abril de 2013

Comissão vai tratar dos direitos da pessoa com deficiência




O presidente da Comissão de Cidadania e Direitos Humanos da Assembléia Legislativa, deputado estadual Jeferson Fernandes (PT) recebeu na manhã desta quarta-feira (10/04), representantes do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (Coepede), da Assessoria de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) com a finalidade de tratar ações em parceria.

O conselheiro do Coepede, Roger Prestes, que representa a Federação nacional de Educação e Integração dos Surdos (Feneis) destacou a dificuldade que os surdos têm na Assembléia por ausência de intérprete de Libras. “A casa do povo não respeita as diferenças.”

O presidente da Comissão destacou que está aberto ao diálogo e quer o Coepede como parceiro e que vai estar empenhado em colocar este tema na agenda de debates.
Moises Bauer, presidente do Coepede destacou que dentre os pontos a serem aprofundado, está à revisão da legislação, que está desatualizada. Da mesma forma, entende que é essencial o protagonismo do conselho e das federações de entidades que tratem dos direitos das pessoas com deficiência. 

A jovem Viviane Iwamoto, empossada recentemente como secretaria executiva do Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiência de Mostardas trouxe um olhar dos jovens com deficiência, especialmente aqueles que vivem em pequenos municípios. “Lá somos pessoas consideradas incapazes de ter uma vida social e precisamos mudar isto, sensibilizando a sociedade.”

Como principais encaminhamentos da reunião, ficou estabelecida a criação de um Grupo de Trabalho para aprofundar este debate, bem como pensar as estratégias de construção de ações concretas. 

Para Jorge Amaro, um dos articuladores da reunião, “é essencial que possamos criar as condições e esta Comissão coloque de fato o tema das pessoas com deficiência como prioridade e possamos garantir direitos de fato.”

Adilso Corlassoli, assessor da SJDH avaliou como positiva a reunião e acredita que renderá excelentes frutos as políticas de inclusão e acessibilidade.

segunda-feira, 8 de abril de 2013

Oculista na ACEPev


domingo, 7 de abril de 2013

Mostardas instituí o Conselho Municipal da Pessoa com Deficiência

 
O final da tarde da última quinta-feira (04/04/2013) foi especial e histórico para o município de Mostardas, localizado no litoral sul do estado. Após diversos encontros e reuniões, está instituído oficialmente o Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência e das Pessoas com Altas Habilidades (COMPEDE-Mostardas).

Presente no ato, o prefeito Alexandre Galdino enalteceu o momento e disse que tem compromisso com uma cidade para todos. O principal elemento de um conselho de direitos é a garantia do protagonismo do público ao qual o mesmo é direcionado. Para Jorge Amaro, um dos articuladores da implantação do conselho, este foi o principal fator de criação do COMPEDE – Mostardas. Segundo ele “a lei existia desde janeiro de 2012, mas precisa mobilização das pessoas com deficiência para que o mesmo saísse do papel, e, obviamente, vontade política para que sua efetivação ocorresse. A partir de eventos que realizamos no segundo semestre de 2012, o cadeirante Willian Ribeiro começou a interessar-se por estas questões. Somou-se a esta luta a Maria Aparecida Velha, nossa querida Tida e mais adiante a Viviane Iwamoto. Era o elemento que faltava para que, com diversas discussões, reuniões, e hoje, temos o conselho” destacou.

Com presença de membros do governo municipal, servidores públicos, entidades, foram empossados os conselheiros e conselheiras e eleita a primeira gestão. Para Willian Ribeiro, que assumiu a presidência no período 2013-2015, “queremos que nossos direitos sejam respeitados plenamente, pois somos seres humanos e temos dignidade. Vamos fazer juntos uma cidade melhor. Queremos acessibilidade e respeito, para termos qualidade de vida.”

Jorge Amaro, que foi vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COEPEDE), servidor de carreira da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades (FADERS) e da Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) palestrou abordando a importância do conselho como espaço de cidadania, de efetivação das ações de acessibilidades e políticas públicas. Sua palestra abordou questões conceituais, histórias e ainda formas de buscar recursos e projetos para pessoas com deficiência.

Saiba mais:
O Conselho Municipal dos Direitos das Pessoas com Deficiências e Pessoas com Altas Habilidades, é um órgão colegiado de assessoramento, deliberativo, controlador das ações, de caráter permanente, paritário e consultivo em todos os níveis das políticas publicas no âmbito municipal e vinculado à Secretaria de Educação.

Atribuições do COMPEDE - Mostardas:
I - elaborar os planos, programas e projetos da política municipal para inclusão das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades e propor as providencias necessárias a sua completa implantação e ao seu adequado desenvolvimento, inclusive as pertinentes a recursos financeiros e as de caráter legislativo;
II - zelar pela efetiva implantação da política municipal para inclusão das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
III - acompanhar o planejamento e avaliar a execução das políticas municipais da acessibilidade à educação, saúde, trabalho, assistência social, transporte, cultura, turismo, desporto, lazer, urbanismo e outras relativas à das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
IV - acompanhar a elaboração e a execução da proposta orçamentária do Município, sugerindo as modificações necessárias à consecução da política municipal para inclusão de Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
V - zelar pela efetivação do sistema descentralizado e participativo de defesa dos direitos das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
VI - propor a elaboração de pesquisa e estudos que visem a melhoria da qualidade de vida das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
VII - acompanhar, mediante relatórios de gestão, o desempenho dos programas e projetos da política municipal para inclusão das Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades;
IX - manifestar-se, dentro dos limites de sua atuação, acerca da administração e condução de trabalhos de prevenção, habilitação, reabilitação e inclusão social de entidade particular ou publica, quando houver noticia de irregularidade, expedindo, quando entender cabível, recomendação ao representante legal da entidade;
X - avaliar anualmente o desenvolvimento da política municipal de atendimento especializado às Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades de acordo com legislação em vigor, visando à sua plena adequação;
XI - convocar assembleia de escolha de representantes das sociedades civis, quando houver vacância no lugar de conselheiro titular e suplente, ou no final do mandato, dirigindo os trabalhos eleitorais;
XI - solicitar aos órgãos municipais, a indicação dos membros, titular e suplentes ,em caso de vacância ou termino do mandato;
XII - eleger o Presidente, o Vice Presidente e o Secretario dentre seus membros;
XIII - elaborar seu Regimento Interno;
XIV - desenvolver outras atividades correlatas.

quarta-feira, 13 de março de 2013

TCE-RS inicia encontros de Controle e Orientação em março


Os Encontros Regionais de Controle e Orientação (ERCO), promovidos pelo Tribunal de Contas do Estado (TCE-RS), começam na próxima quinta-feira, dia 14 de março, em Porto Alegre. A tradicional promoção do Tribunal tem por objetivo propiciar o debate de temas diretamente ligados à gestão pública através de palestras de orientação técnica dirigidas a prefeitos, vereadores e servidores públicos. Nesta edição, os Encontros terão foco no tema “início de mandato”.

Mostardas faz parte da Regional do Tribunal que fica na capital e este é um momento importante para esclarecer dúvidas e preparar os gestores para o novo mandato.

O ERCO de Porto Alegre inicia às 9h30min, no Auditório Romildo Bolzan, na sede da Corte na Capital. A atividade abordará os aspectos práticos relativos às contas de governo e contas de gestão, as questões associadas à estruturação e processos relativos à qualificação da receita pública municipal e os pontos críticos aplicados à licitação pública. Serão apresentadas as funcionalidades e procedimentos do “Espaço do Controle Interno” no portal do Tribunal e sua interface com o tratamento das denúncias levadas ao TCE-RS. As etapas da implementação do processo eletrônico na Corte também serão explicadas aos participantes. Confira a programação completa aqui.


A etapa de Porto Alegre do ERCO atinge 44 municípios. Na última edição, em 2011, 138 jurisdicionados da região estiveram presentes ao evento. Os Encontros seguem pelos nove serviços regionais de auditoria do Tribunal no interior do estado até 10 de maio (veja datas e cidades aqui).


Assessoria de Comunicação Social - TCE-RS
Contatos: (51) 3214 9870 / (51) 3214 9871
Portal TCE: www.tce.rs.gov.br
Siga-nos em www.twitter.com/tcers

Oculista na ACEPev


quinta-feira, 7 de março de 2013

Curso de Dança de Salão


quinta-feira, 28 de fevereiro de 2013

Banrisul abre inscrições para Programa de Patrocínios

Banrisul publicou edital para inscrições no Programa Banrisul de Patrocínios, 2º semestre de 2013. O  Edital de Seleção Pública de Projetos para Patrocínio pelo Banco do Estado do Rio Grande do Sul S.A. destinará recursos para realização de projetos ambientais, sociais, culturais, esportivos e negociais, com início entre 1º de julho de 2013 e 31 de dezembro 2013.

Serão considerados os seguintes critérios/atributos na análise dos projetos: visibilidade, fortalecimento da marca Banrisul, potencial de relacionamento, relevância das contrapartidas, potencial mercadológico, inovação, sustentabilidade, responsabilidade social, democratização, distribuição geográfica, promoção da cidadania, desdobramento educacional, acessibilidade, aderência à estratégia de atuação do Banrisul e oportunidade, conforme detalhamento no item 4.1.2 do Edital.
 
As inscrições de projetos deverão ser realizadas no período de 15/02/2013 a 15/03/2013, por meio do site 'Inscrição de Projetos de Patrocínio'. O acesso ao site será pelo seguinte link www.banrisul.com.br/patrocinios que está dispoinibilizado no site do Banrisul, no referido período.

sábado, 23 de fevereiro de 2013

Dissertação de mestrado



O mostardense Jorge Amaro defendeu sua dissertação de mestrado nesta quinta-feira (21/02) junto ao Programa de Pós-Graduação em Educação (PPPGEdu) da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS).

O trabalho, intitulado “Sustentabilidade e Acessibilidade no ensino superior: contribuições para um diagnóstico socioambiental da PUCRS”. A comissão examinadora foi composta pela Dra. Isabel Cristina de Moura Carvalho (Orientadora – PPGEdu/PUCRS), Dr. Claudio Luis Crescente Frankenberg (PUCRS), Dr. Marcos Villela Pereira (PPGEdu/PUCRS) e Dr. Marcos Sorrentino (USP).

Conforme Amaro, que é servidor de carreira da Fundação de Articulação e Desenvolvimento de Políticas Públicas para Pessoas com Deficiência e Pessoas com Altas Habilidades (FADERS) vinculada a Secretaria da Justiça e dos Direitos Humanos (SJDH) e vice-presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência (COEPEDE), “este trabalho reflete mais de dez anos de militância ambiental e social. Acredito que contribui no processo de discussão da sustentabilidade na universidade, bem como com a questão de aproximação conceitual deste tema com a acessibilidade. Estou feliz com a avaliação e a forma critica que a banca se posicionou. A PUCRS é uma universidade que tem caminhado em direção à sustentabilidade a partir do ensino, pesquisa, extensão e gestão. Não poderia deixar de agradecer a todos que fizeram parte desta conquista, especialmente, a todos meus professores lá de Mostardas, minha terra natal, que sempre me estimularam a aprender e também aqueles que me acompanharam na Escola Técnica de Agricultura de Viamão.”

Para o professor Marcos Sorrentino, este é um dos desafios de quem milita e está no ambiente de pesquisa, criar formas e metodologias de transitar nestes espaços. Para ele, “o trabalho cumpriu com muita qualidade aquilo que se propôs a discutir.”

Já o professor Marcos Villela destacou satisfeito, especialmente, quando a gente observa a trajetória do estudante, sua vida de lutas, desde a saída do interior e toda sua construção acadêmica, pois isto incorpora-se na conquista”

Segundo o professor Claudio Frankenberg “Um trabalho deste nos remete a repensar as ações dos usuários da universidade e provoca novos olhares sobre seu papel.”

A orientadora Isabel Carvalho fechou a atividade, lendo o parecer final, com aprovação do trabalho e destacando a relevância do mesmo dentro da agenda de pesquisas do Grupo SobreNaturezas. “Este trabalho não pode ser entendido isoladamente, pois é parte de um conjunto de pesquisas da PUCRS que buscam entender os processos de ambientalização da universidade.”

Um dos diferenciais da defesa foi a transmissão através do Skype para membros do Grupo de Pesquisa SobreNaturezas que estavam em Recife, na Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE).

Saiba mais  
A presente pesquisa buscou identificar, através de um diagnóstico socioambiental do campus de Porto Alegre da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PUCRS), como ocorre a internalização de práticas e políticas de sustentabilidade e de acessibilidade nesta universidade contribuindo para a compreensão deste processo no âmbito do ensino superior. O trabalho, inicialmente, consistiu em levantar informações de ambientalização na página eletrônica da PUCRS e em documentos institucionais, sendo os resultados agrupados em categorias relacionadas a ensino, pesquisa, extensão e gestão. Em uma segunda etapa, aplicou-se o Teste de Sustentabilidade, para avaliar como os usuários do campus Ipiranga percebem as medidas de sustentabilidade e como atuam nesta direção, de forma individual. A partir da análise, podemos observar que a PUCRS segue uma tendência de institucionalização da sustentabilidade e este processo pôde ser observado em universidades brasileiras e iberoamericanas. Ao mesmo tempo, a resposta da percepção dos usuários mostra a necessidade do fortalecimento de ações de educação ambiental para a cidadania. Da mesma forma, o diálogo entre os conceito de acessibilidade começa a estabelecer conexões no campo teórico, que merece ainda maior aprofundamento.